Observatorio de I+D+i UPM

Memorias de investigación
Communications at congresses:
Constantes elásticas da madeira de castanho determinadas por meio de propagacao de ondas
Year:2012
Research Areas
  • Civil engineering and architecture
Information
Abstract
Com o aumento da oferta de programas computacionais cada vez mais precisos e potentes, o conhecimento das propriedades dos materiais torna-se ainda mais fundamental. Para a madeira essa questão é particularmente vital, pois sendo material ortotropico tem suas propriedades diferenciadas nas três direções principais (Longitudinal, Radial e Tangencial) e, conhecer seu comportamento implica em determinar 12 propriedades ? 3 módulos de elasticidade longitudinais (EL, ER, ET), 3 módulos de elasticidade transversais (GLR, GLT, GRT) e 6 coeficientes de Poisson (?LR, ?LT, ?RL, ?RT, ?TL,?TR). Todas essas propriedades podem ser determinadas por meio de ensaios estáticos, mas tais ensaios são trabalhosos e apresentam custos elevados. Na Europa o ensaio de flexão estática é utilizado para a determinação do módulo de elasticidade longitudinal (EM) e do módulo de ruptura em flexão (fm), valores esses considerados em projetos e na classificação mecânica da madeira. No Brasil o principal ensaio de caracterização da madeira é o de compressão paralela às fibras, com o qual se determina o módulo de elasticidade longitudinal (Ec0) e a resistência à compressão paralela (fc0). No entanto, em ambos os países, as demais propriedades normalmente não são determinadas por ensaios, mas sim calculadas por meio de equações que tomam como base as propriedades na direção longitudinal. O objetivo desse trabalho foi determinar, por meio de ensaios de propagação de ondas, as 12 constantes elásticas da madeira de Castanho (Castanea sativa) crescida em três diferentes localidades da Espanha. Para os ensaios foram utilizados corpos de prova de geometria poliédrica, com 26 faces e transdutores longitudinais e transversais de 1 MHz de frequência. Os módulos de elasticidade longitudinais, obtidos na direção paralela às fibras, foram comparados com os dados de ensaios estáticos de flexão (EM) realizados no mesmo lote, e o resultado indicou equivalência estatística. A correlação entre o coeficiente de rigidez (CLL) e EM apresentou coeficiente de correlação de 0,90. No caso dos coeficientes de Poisson as médias foram compatíveis com a ordem de grandeza esperada, exceto no caso do ?LT. De forma geral os resultados demonstraram que a metodologia pode ser uma ferramenta importante para a caracterização completa da madeira.
International
Si
Congress
Congresso Nacional de Ensaios Nao Destrutivos e Inspecao e 16º Conferencia Internacional sobre evaluación de integridade y extensión de vida de equipos industriales
960
Place
Sao Paulo, Brasil
Reviewers
Si
ISBN/ISSN
Start Date
16/07/2012
End Date
19/07/2012
From page
1
To page
8
Actas del Congresso Nacional de Ensaios Nao Destrutivos e Inspecao e 16º Conferencia Internacional sobre evaluación de integridade y extensión de vida de equipos industriales
Participants
  • Autor: Raquel Gonçalves (Faculdade de Engenharia Agrícola (FEAGRI) - UNICAMP)
  • Autor: C. Bertoldo Pedroso (Doutoranda, Faculdade de Engenharia Agrícola (FEAGRI) - UNICAMP)
  • Autor: Carlos Vázquez (Graduando em Engenharia Florestal, Universidade de Santiago de Compostela (USC), Espanha.)
  • Autor: Vanessa Baño (CETEMAS)
  • Autor: Manuel Guaita Fernández (UPM)
Research Group, Departaments and Institutes related
  • Creador: Grupo de Investigación: Construcción con Madera
  • Departamento: Construcción y Vías Rurales
S2i 2019 Observatorio de investigación @ UPM con la colaboración del Consejo Social UPM
Cofinanciación del MINECO en el marco del Programa INNCIDE 2011 (OTR-2011-0236)
Cofinanciación del MINECO en el marco del Programa INNPACTO (IPT-020000-2010-22)