Observatorio de I+D+i UPM

Memorias de investigación
Book chapters:
Los manifiestos de Fernando Távora. Tres proyectos para una síntesis
Year:2015
Research Areas
  • Contemporary architecture
Information
Abstract
Desde a primeira juventude, ainda antes do curso, Fernando Távora começa a construir na sua cabeça um sonho, o seu projeto integral de vida, uma missão pessoal para encarar uma causa nacional de refundação arquitetónica, do estilo que admirava de Le Corbusier, por essa condição heroica na defesa de uma nova arquitetura, e de Pessoa, pela regeneração de Portugal a partir da sua valorização cultural. Consciente de que transformar essa atividade, compêndio de pensamento e teoria, crítica e investigação, docência e prática profissional, num paradigma para a reconversão do panorama arquitetónico nacional do momento era um objetivo quase utópico, enfrenta, contudo, uma veemente luta para integrar a Modernidade, com a qual teve contacto direto no exterior, mas que lhe é alheia por origem, por formação e por contexto cultural, com a tradição social e construtiva de Portugal. Finalmente, é capaz de estruturar numa linha de pensamento e produção autónoma essa fusão, através do que ele próprio denominaria Terceira Via. É neste contexto que pretendemos analisar três projetos do arquiteto, sob a consideração de que constituem verdadeiros manifestos onde é capaz de levar as suas inquietações até à prática arquitetónica. Embora talvez, num sentido académico restrito, as intervenções analisadas a seguir se possam denominar manifestações, isso não as diferenciaria de outras muitas, a maioria de enorme qualidade e coerência dentro da trajetória de Fernando Távora. No entanto, não deixa de ser verdade que os três projetos que aqui se pretendem destacar de entre todo o seu percurso profissional, representam um clamor para fundamentar a causa da arquitetura portuguesa, que sempre deu alento ao mestre e, como tal, a consideração de simples manifestações torna-se limitada, visto que não é suficiente para expressar a verdadeira importância que se lhes pretende outorgar nesta tribuna. Pode-se considerar, portanto, estas três obras como verdadeiros manifestos arquitetónicos ? ao fim e ao cabo, não é a própria obra de arquitetura o que melhor demonstra o pensamento do seu autor em determinado momento? ?que refletem a sua permanente procura da síntese entre modernidade e tradição, objetivo perseguido desde o início da sua juventude, quando escreveu o seu primeiro manifesto, o opúsculo O problema da Casa Portuguesa.
International
Si
Book Edition
2015
Book Publishing
Fundação Instituto Arquitecto José Marques da Silva (FIMS) Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto
ISBN
978-989-97966-1-4
Series
Book title
Sobre o ?projeto-de-arquitectura? de Fernando Távora
From page
96
To page
155
Participants
  • Autor: Juan Antonio Ortiz Orueta (UPM)
Research Group, Departaments and Institutes related
  • Creador: Grupo de Investigación: Geometrías de la Arquitectura Contemporánea
S2i 2020 Observatorio de investigación @ UPM con la colaboración del Consejo Social UPM
Cofinanciación del MINECO en el marco del Programa INNCIDE 2011 (OTR-2011-0236)
Cofinanciación del MINECO en el marco del Programa INNPACTO (IPT-020000-2010-22)